Diálogo Sobre o Tempo: Entre a Filosofia e a História

SINOPSE

Filosofia e história.

De uma forma nada óbvia, o tempo é um elemento comum à história e à filosofia. Para a primeira, ele é o guia condutor, é o criador de sua lógica, é quem dita seu caminho. Para a segunda, no entanto, ele aguça curiosidade, é matéria-prima essencial de sua existência. 

É verdade que visões diferentes sobre a sua origem e o seu papel na sociedade coexistem acomodadas nas duas disciplinas. 

É por isso que conversas sobre o tempo não apenas entusiasmam os estudiosos, como lhes proporcionam verdadeiras viagens além do tema. Afinal, pensar sobre o tempo é lembrar a sua capacidade de limitação, é aceitar que somos encaixotados numa visão cronológica que cria ordem ao mesmo tempo em que propõe resistência. 

Este livro é um verdadeiro convite para acompanhar Marcella e Jelson em um brilhante Diálogo sobre o tempo e, acima de tudo, apreciar suas narrativas carregadas de uma bagagem cultural que traz para a mesa a história, a filosofia, a música, a literatura e, assim, explicam porque esta obra “não é um texto a duas vozes, é um texto polifônico, a cada momento uma voz nova e inesperada pode se fazer ouvir.” Željko Loparic 

A obra confere ao diálogo o poder de ajustar o tempo, fazê-lo descolar de sua relação com o relógio para assumir o tempo do próprio diálogo. Um diálogo que, assim como seu tema principal, perpassa toda a vida, nas suas mais variadas disciplinas. 

“Sim, o tempo, ele dá sentido a essa realização — entre a Filosofia e a História: entre nós, Jelson e Marcella, dois intelectuais em disputatio; entre um homem e uma mulher que sentem o tempo que passa à sua frente, dentro da gente.” Os autores. 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Impresso
Formato: 19 x 20 cm
Páginas: 246
Ano: 2015 

Referência
OLIVEIRA, J.; et al. Diálogo sobre o tempo: entre a filosofia e a história. Curitiba: PUCPRESS, 2015. 

AUTOR

Jelson Oliveira  
É doutor em filosofia pela UFSCar e professor do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCPR. É membro do Grupo de Pesquisa Hans Jonas do CNPq, atual coordenador do GT  Hans Jonas e membro do GT de Filosofia da tecnologia e da técnica da ANPOF (Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia). Autor de vários artigos e livros, entre os quais Para uma ética da amizade em Friedrich Nietzsche (7Letras), Compreender Hans Jonas (Vozes) e a trilogia Sabedoria Prática (PUCPress). É coautor de Diálogo sobre o tempo e Diálogo sobre a alegria (Coleção Café com Ideias, da PUCPRess). Sua pesquisa enfatiza temas de Ética e Filosofia Contemporânea, Filosofia da Técnica e Ética Ambiental, atuando principalmente com autores como Nietzsche, Schopenhauer e Hans Jonas. O presente livro é um dos resultados do projeto de pesquisa de pós-doutoramento na Universidade de Exeter, no Reino Unido, que contou com bolsa da CAPES (processo BEX 6115/15-2), à qual são expedidos os devidos agradecimentos. 

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

SUMÁRIO

Prefácio a duas vozes 

Introdução: abraço de chegada 

Tempo 

      Um nome para o que passa 

      A experiência do tempo 

História 

      Muitas histórias 

      Sobre a vantagem da História para a vida 

Morte 

      Os lugares da morte 

      A morte e a linguagem 

Amizade 

      Um recurso de salvação 

      A amizade ou o verdadeiro amor 

Futuro 

      Quem tem medo do futuro? 

      O futuro na máquina do mundo 

Conclusão: até breve 

Referências 

OUTRAS PUBLICAÇÕES