Cartas a Colaboradores de Escolas

IMPRESSO

EBOOK

Valor:

Não Disponível

SINOPSE

Cartas Irmão Clemente. A educação começa em casa, continua na escola, mas de modo algum se restringe à sala de aula. Afinal, a escola é sala de aula por completo. É o cenário em que se forma o caráter individual, é onde a criança começa a desenvolver suas próprias interações e assim moldar a sua personalidade. Por isso, no ambiente escolar, todos são educadores: os professores, os colegas e, claro, todos os funcionários da equipe. Quem é que não guarda uma recordação da tia da cantina, do coordenador de disciplina ou de um pedido de silêncio na biblioteca? 

“Sabemos que sem o bom serviço de apoio na escola ou numa instituição educacional, toda a educação fica comprometida.” (Clemente Ivo Juliatto) 

Este livro fala sobre o trabalho dos colaboradores, suas pessoas, suas atitudes e suas obrigações e direitos. Destacando a importância do trabalho do time de apoio e algumas das qualidades fundamentais para a sua realização, a obra é composta de 30 cartas com orientações para a educação e o trabalho nas escolas.  

Clemente Ivo Juliatto é pura vivência na educação, ao longo da sua larga experiência, entendeu a educação como um sistema cuja sintonia entre as partes e setores é fator determinante para a eficácia do propósito de educar. Fundamentais para quem estuda ou trabalha com educação, a coletânea de cartas faz parte de uma coleção completa que envolve uma obra para cada parte desse sistema.  

Comece pela carta que lhe parecer mais interessante e desfrute desse gesto de carinho do autor. Cada carta traz consigo uma mensagem especial sobre a importância do colaborador da escola na formação dos estudantes. Boa leitura! 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Impresso
Formato: 11.5 x 18 cm
Páginas: 208
Ano: 2020 

Referência
JULIATO, C. I. Cartas a Colaboradores de Escolas. Curitiba: PUCPRESS, 2020. (Coleção Sabedoria em Cartas). 

AUTOR

Clemente Ivo Juliatto  
Formado em Matemática e Pedagogia. Cursou especializações em Pensamento Lógico e Linguagem Matemática e Planejamento Universitário; fez mestrados em Ensino Superior e Pesquisa Institucional e doutorado em Administração Universitária na Universidade de Columbia, em Nova York.  Cursou pós-doutorado nas Universidades de Harvard, EUA, e de Londres, Inglaterra. Foi professor do ensino fundamental, médio e superior, diretor de escola, reitor de universidade e provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba. É membro da Academia Paranaense de Letras. 
 

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

SUMÁRIO

Agradecimentos  

Prefácio  

Introdução  

Carta 1 – Além de colaborador, seja também educador  

Carta 2 – Em que consiste a verdadeira educação  

Carta 3 – É importante trabalhar numa instituição educacional  

Carta 4 – Pratique sua religião  

Carta 5 – Respeite a mãe natureza  

Carta 6 – Aprimore-se sempre mais  

Carta 7 – Trate bem todos os seus clientes  

Carta 8 – Quando a instituição precisar, colabore  

Carta 9 – O que distingue o bom colaborador  

Carta 10 – Fale sempre a verdade  

Carta 11 – Cuide bem do material à sua disposição  

Carta 12 – Pratique os valores da instituição  

Carta 13 – Cuide do setor como se fosse de sua casa  

Carta 14 – Respeite seus superiores  

Carta 15 – Não se considere melhor que seus colegas  

Carta 16 – Seus clientes também podem errar  

Carta 17 – Oriente seus colegas, quando necessário  

Carta 18 – Nunca deixe algo errado acontecer  

Carta 19 – Melhore sempre o seu setor  

Carta 20 – Não seja ‘reclamão’  

Carta 21 – Aja sempre com boa educação  

Carta 22 – Seja sempre uma pessoa confiável e amiga  

Carta 23 – As vantagens de estar empregado  

Carta 24 – Colabore quando necessário  

Carta 25 – Avalie-se continuamente  

Carta 26 – Aproveite bem seu horário de trabalho  

Carta 27 – Não se aproveite dos colegas  

Carta 28 – Não seja ‘puxa-saco’ de ninguém  

Carta 29 – Esteja ciente de suas obrigações  

Carta 30 – Uma instituição educacional  

Oração do colaborador-educador  

Deveres do colaborador-educador  

Direitos do colaborador-educador  

Referências  

Sobre o autor  

OUTRAS PUBLICAÇÕES

NOTÍCIAS